chuveiro ligado para representar chuveiro elétrico gasta muita energia

Chuveiro elétrico gasta muita energia? Descubra aqui!

Criado por um brasileiro chamado Francisco Canho, o chuveiro elétrico foi popularizado na década de 1930. Presente na rotina, ele é um dos protagonistas nos dias mais frios. Mas será que aquele banho quente tem um alto custo? O chuveiro elétrico gasta muita energia

A verdade é que existem alguns fatores a serem considerados quando se trata do consumo deste eletrodoméstico. Pensando nisso, preparamos um artigo para você saber tudo sobre esse assunto. Ah, e no final você ainda conta com algumas dicas valiosas que vão te ajudar a economizar na conta de luz. 

Vem com a Órigo Energia e continue a leitura!

Qual o consumo de energia de um chuveiro elétrico por hora?

Você provavelmente já deve ter ouvido falar que o chuveiro elétrico consome muita energia, mas saiba que a consumação por hora depende da potência do aparelho. Por exemplo, considerando um modelo de 5.500 watts, isso equivale a um gasto de 5,5 kWh por hora.

Uma dica importante é, na hora de escolher um tipo para a sua casa, ler as informações da etiqueta de consumo e o selo de eficiência energética.

Quanto gasta o chuveiro elétrico por mês? 

Como abordamos no tópico anterior, o consumo mensal de energia do chuveiro elétrico também varia conforme a potência do equipamento, a temperatura da água e o tempo de uso. 

Considerando uma família de quatro pessoas, em que cada uma leva 15 minutos no banho, podemos obter uma média diária de 1 hora de uso. Sendo assim, são 5,5 kWh por dia, o que resulta em 165 kWh no mês.

Se considerarmos o valor de R$ 0,85 por kWh (o que pode variar por estado e concessionária de luz ou quantidade de crédito de energia), temos um resultado de R$ 140,25 por mês na conta de luz.

Portanto, sim, esse eletrodoméstico gasta muita energia.

Por que o chuveiro elétrico gasta tanta energia? 

O chuveiro elétrico gasta muita energia porque precisa aquecer a água. Para isso, ele usa uma resistência elétrica, que transforma a energia elétrica em calor. O calor produzido pela resistência é, então, transferido para a água.

Utilizá-lo no modo “inverno” aumenta a consumação de energia, sendo 30% maior que na posição “verão”. O motivo é que cada um desses modos regula a passagem de corrente elétrica necessária para aquecer a água.

Dicas para economizar energia usando o chuveiro elétrico 

Agora que você sabe que chuveiro elétrico gasta muita energia, separamos algumas dicas que podem ajudar a economizar durante o banho. Todas são simples, mas fazem toda a diferença. Veja!

  • Se você não abre mão do banho quente, posicione a chave em modo “verão” nos dias menos frios;
  • Tome banhos mais curtos. Quanto mais curto for o banho, menos energia será consumida;
  • Feche o registro de água ao se ensaboar, afinal, o chuveiro elétrico não gasta energia enquanto desligado. Isso ajuda a economizar energia e água.

Dica extra: quer ter uma conta de luz mais barata? Já ouviu falar em crédito de energia solar? Essa é uma nova modalidade, que não precisa de instalação e nem investimentos, e te ajuda a economizar até 10% na sua conta de luz, permitindo utilizar o chuveiro sem se preocupar com o alto consumo de eletricidade. 

E aí, ficou interessado? Conheça a Órigo Energia e comece a economizar agora mesmo!

Assine nossa
newsletter