energia mais barata

Energia mais barata: entenda como economizar

Conhecer formas de obter uma energia mais barata é essencial nos dias de hoje. Afinal, a conta de luz costuma ocupar um peso considerável no orçamento das famílias brasileiras.

De acordo com dados da Associação dos Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace), o Brasil tem a segunda energia elétrica mais cara do mundo, com um custo que subiu 47% nos últimos cinco anos. Quer saber mais sobre fontes de energia mais baratas? Continue a leitura, pois temos dicas valiosas para você.

rua da cidade de Tiradentes - MG

A conta de luz teve um  aumento médio de 15,55% em Minas Gerais

Confira como a Órigo Energia pode te ajudar nesse momento!

Quais são as alternativas para uma energia mais barata?

A energia solar e a eólica são fontes alternativas de energia mais baratas. A boa notícia é que, de acordo com um levantamento da Bloomberg, essas fontes de energia renováveis já têm um custo de produção menor na maioria dos países.

Somente a energia solar já trouxe ao Brasil mais de R$74,6 bilhões em novos investimentos e gerou mais de 420 mil empregos acumulados desde 2012, segundo informações da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR).

Energia Solar para Empresas Vale a Pena? Descubra!

Como pagar menos na conta de energia?

Existem algumas formas de ter energia mais barata. Uma delas é aderir à chamada Tarifa Branca, uma opção tarifária das modalidades em baixa tensão para os consumidores da classe residencial (subgrupo B1), rural (subgrupo B2) e industrial, comércio, serviços e outras atividades do subgrupo B3.

A Tarifa Branca cobra valores distintos de acordo com o horário em que a energia é consumida, diferentemente da Tarifa Convencional, em que o valor é o mesmo independentemente do horário.

Caso você faça parte dos grupos atendidos pela Tarifa Branca, basta entrar em contato com a distribuidora da sua região e comunicar que deseja trocar o seu medidor de energia. A concessionária tem até 30 dias para fazer a substituição.

Outra alternativa prática e acessível de energia mais barata é por meio da assinatura de energia solar, uma modalidade que não requer investimento e vem ganhando mais adeptos — vamos te explicar mais sobre o assunto no final deste texto.

Em qual horário a energia é mais barata?

Para os consumidores que optam pela Tarifa Branca, vale atentar aos horários de consumo em que a energia é mais barata. As concessionárias de luz consideram o horário de pico, em que há maior consumo, entre 18h e 21h, como o horário de energia mais cara.

Portanto, para quem escolheu a Tarifa Branca, o horário comercial e após as 22h são os períodos em que a energia é mais barata.

Leia também: O que é taxa de energia solar?

As melhores dicas para economizar energia

A mudança de hábitos é o fator principal para economizar e ter uma conta de energia mais barata. Veja algumas dicas:

  • troque as lâmpadas fluorescentes pelas de LED;
  • mantenha o chuveiro elétrico desligado nos dias quentes;
  • só deixe na tomada os aparelhos domésticos essenciais;
  • evite acender as luzes durante o dia, mantendo as janelas abertas para aproveitar a luz solar.

Outra dica valiosa é optar pela assinatura de energia solar, uma solução que não demanda investimento ou instalação de painéis e vem ganhando cada vez mais espaço. Nela, o cliente contrata um plano com a quantidade de créditos equivalentes ao consumo médio de energia gasta e tem uma reserva mensal pré-alocada da fazenda solar.

Assim, a energia é gerada nessa fazenda solar, disponibilizada na rede da distribuidora responsável e entregue na casa da pessoa. Caso o cliente ultrapasse o limite do plano, o excedente de energia será cobrado pela concessionária.

Somados o valor da assinatura com as taxas residuais da sua conta, o total ainda é mais barato do que o de costume, gerando uma economia que pode chegar a 10% de desconto no final do mês.

Gostou das dicas? Então, coloque-as em prática e economize energia com a Órigo.

Assine nossa
newsletter