Fontes de energia renováveis e não renováveis

Fontes de energia renováveis e não renováveis

27/04/2021

A energia está praticamente em todo lugar. Um dos conceitos essenciais para a vida humana, pode ser obtida a partir de distintos formatos energéticos. Por exemplo, o homem converteu a energia de uma forma para outra quando criou o fogo. Ao queimar madeira, a energia química armazenada em suas moléculas é liberada, gerando energia térmica ou calor.

Atos simples como cozinhar e andar de bicicleta também envolvem a conversão de energia. Uma torradeira converte a energia elétrica em calor e sua perna converte a energia química de seus músculos em energia cinética ao pedalar. Por outro lado, quando falamos especificamente sobre as possibilidades de fonte para gerar eletricidade, há duas categorias que podem ser consideradas: a energia renovável e a não renovável. 

O que são fontes de energia renováveis e não renováveis?

Apesar de parecer confuso, o tema é simples de ser explicado e se dá pela diferença de matéria-prima utilizada em cada uma. As energias renováveis ​​são geradas a partir de fontes naturais que podem ser substituídas em uma escala de tempo relativamente curta. Já as energias não renováveis ​​vêm de recursos que não são substituídos ou são substituídos apenas muito lentamente pelos processos naturais, causando gradualmente impactos negativos.

Leia também: Benefícios da energia renovável para a humanidade 

Quais são as fontes de energia renováveis?

Entre os tipos de energias renováveis estão a solar, a hídrica e a eólica. Vale lembrar que, embora os recursos de energia renovável tenham a vantagem de fornecimento ilimitado no longo prazo, eles são limitados em sua disponibilidade a qualquer momento, pois muitas vezes dependem de questões de climatização.

  • Hidrelétrica: oriunda da força da água dos rios. Essa é a fonte mais utilizada no Brasil e advém das águas que ficam armazenadas em barragens para geração de energia.
  • Solar: obtida pela luz do sol. O procedimento para a obtenção dessa energia se dá através de placas fotovoltaicas instaladas em fazendas solares ou telhados, que se encarregam de converter os raios em eletricidade.
  • Eólica: a energia eólica é feita quando o vento move as pás de uma turbina eólica. A partir de um gerador, o movimento de rotatividade converte as massas de ar em energia elétrica.
  • Biomassa: essa energia é procedente de matérias orgânicas, como cana-de açúcar, resíduos florestais e residenciais. É feita através de um processo de fermentação em biodigestores anaeróbios.
  • Mares e Oceanos: essa energia é natural da força das ondas. O procedimento energético é alcançado com complexo de flutuadores e uma bomba conectada a um circuito de água. 
  • Geotérmica: provém do calor do interior da terra. Apesar de ser renovável, ainda é pouco utilizada no mundo. No Brasil, não é eficiente pela falta de atividade vulcânica relevante.

Quer saber mais sobre cada uma delas? Acesse esse conteúdosobre o que é fonte de energia renovável!

Quais são as fontes de energia não-renováveis?

Grande parte da energia mundial ainda é produzida pela queima de combustíveis fósseis. A maioria dos carros, trens e aviões usam esse tipo de fonte, produzindo desvantagens para a sociedade e a vida do planeta, por sua alta liberação de dióxido de carbono (CO2).

Carvão mineral

Uma das dúvidas mais frequentes sobre o assunto é: o carvão mineral é renovável? A resposta é não. Apesar de "mineral", esta fonte de energia é considerada um combustível fóssil não renovável. Encontrado em regiões de baixas temperaturas, o carvão mineral é formado por meio da decomposição da matéria orgânica sem a presença de oxigênio. É uma das primeiras fontes de energia que começou a ser utilizada durante a Revolução Industrial.

Petróleo

Outra dúvida comum é: o petróleo é renovável? Também podemos afirmar que não. O petróleoé uma mistura de hidrocarbonetos, de origem fóssil e não renovável, sendo um dos principais responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa na atmosfera. O material pode ser utilizado em diversos produtos de uso cotidiano, como a gasolina, óleo diesel, tintas, fertilizantes, borrachas e plástico. Por isso, o índice de impactos da indústria é altíssimo.

Outros exemplos de energias não renováveis são:

  • Energia nuclear: das fontes não renováveis,a nuclear é uma das que mais prejudica a saúde humana. Sua metodologia é a mesma utilizada nas bombas atômicas, onde a fissão (quebra) de elementos como o urânio gera calor. Em usinas nucleares, o calor e vapor gerados movimentam a turbina de um gerador de energia elétrica.

  • Gás de xisto: basicamente um derivado do petróleo, o gás de xisto, também pode ser chamado de gás não convencional. Encontrado em uma rocha sedimentar chamada "xisto betuminoso". Com ele, é possível fazer combustível, geração de eletricidade e funcionamento de fábricas. Também é prejudicial ao ecossistema por ser considerado poluente na contaminação dos lençóis freáticos em seu processo de fraturamento da rocha.

Leia também: Impactos ambientais causados pelas fontes de energia

Vantagens da energia renovável no Brasil

Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), a matriz elétrica de fonte renovável do país é composta por 59,9% hídrica, 9,7% eólica, 8,3% biomassa e 1,8% solar fotovoltaica. Enquanto a não renovável é composta por 8,1% gás natural, 5,0% petróleo e outros fósseis, 2,0% carvão mineral e 1,1% nuclear.

Entre as opções de energias renováveis, as mais vantajosas de serem obtidas no Brasil são a solar e a eólica. Isso porque o país possui um clima tropical composto por ventos fortes em determinados territórios e sol praticamente o ano inteiro. Seus benefícios são muitos e vão desde desenvolvimento sustentável e socioeconômico à diminuição de gases poluentes na atmosfera. 

Além disso, elas podem ser utilizadas tanto em residências como em negócios e contratadas de forma digital, sem a necessidade de obras. Saiba mais sobre isso aqui.

Hoje, a energia solar se tornou mais barata que os combustíveis fósseis. Em leilões de energia no mercado regulado, os valores têm se tornado cada vez mais acessíveis. Segundo a Agência Internacional de Energia (IEA), a fonte solar se mantém cerca de 20 a 50% mais barata do que era previsto.

Por esses e outros fatores, o uso e expansão das fontes renováveis ​​de energia são cada vez mais necessários na sociedade atual. Essa é uma alternativa que beneficia o planeta, a economia e a inovação para um futuro melhor e com mais qualidade de vida. 

Compartilhe nas redes sociais

Matérias Relacionadas

Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, analisar tráfego e proporcionar uma experiência mais segura para os nossos usuários. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações. Aceitar