contas de luz com moedas no topo

O que é a tarifa branca e como ela pode reduzir a conta de luz?

Para os consumidores que buscam uma forma de economizar e não sabem o que é a tarifa branca, adiantamos que esse tipo de cobrança é muito vantajosa. De acordo com o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), aderir à modalidade pode ajudar a economizar até 15% na conta de luz. 

Pensando nisso, preparamos um artigo com os principais aspectos desse tipo de tarifa e como obtê-la. Veja! 

O que é a tarifa branca?

A tarifa branca na conta de luz é um sistema de precificação que estabelece diferentes valores para a energia consumida em diferentes períodos do dia. Diferente da convencional, que possui um preço fixo independente do horário, a branca varia de acordo com a demanda de eletricidade em cada faixa horária. Geralmente, são estabelecidos três períodos tarifários: ponta, intermediário e fora de ponta.

Quais são os tipos de tarifa?

Para você entender melhor o que é tarifa branca, é importante compreender os tipos de tarifas convencionais. As tarifas são definidas conforme o Grupo Tarifário, determinadas na Resolução Normativa n.º 1.000/2021, da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Veja quais são esses grupos!

Grupo A 

Formado por consumidores atendidos em alta-tensão, média tensão e sistemas subterrâneos. Nele, estão a Horária Azul e a Horária Verde.

Grupo B 

Consumidores atendidos em baixa tensão, das classes residencial, rural, demais classes e iluminação pública. Nele, estão o Convencional Monômia e Horária Branca.

Demais acessantes

Nesta categoria, se enquadram a Distribuição e Geração.

Como saber se estou na tarifa branca?

A transição para a tarifa branca requer a troca do medidor de luz, sendo preciso cumprir com alguns requisitos, pois é uma opção voltada para unidades consumidoras atendidas em baixa tensão (127, 220, 380 ou 440 volts), pertencentes ao grupo B. 

Para saber se você já está na tarifa branca ou se é possível aderir, o recomendável é consultar a distribuidora de energia.

Tarifa branca pode ser desfavorável ao consumidor?

Embora a tarifa branca ofereça a oportunidade de economia, é crucial reconhecer que ela pode não ser a escolha mais vantajosa para todos os perfis de consumidores. 

Em determinados casos, especialmente para aqueles que não conseguem ajustar seu consumo para os períodos de tarifa mais baixa, a tarifa branca pode resultar em custos mais elevados. Avaliar o próprio estilo de vida e horários de consumo é essencial antes de aderir a essa modalidade.

Tarifa branca na conta de luz: dá para economizar?

Sim, é possível economizar com a tarifa branca de energia elétrica, mas há ressalvas. É preciso concentrar o consumo nos períodos de tarifa mais baixa para que, assim, seja possível experimentar uma redução significativa nas despesas com energia elétrica. 

Ou seja, é preciso fugir do consumo no horário de ponta (17h30 às 20h30) e, também, evitar os horários intermediários (16h30 às 17h30 / 20h30 às 21h30). Para isso, é necessário adotar estratégias como realizar atividades que demandam mais energia durante os horários fora de ponta ou aderir ao crédito de energia solar.

Isso mesmo! Há um novo jeito de ter energia solar na sua residência e ter uma economia garantida. Com a Órigo, você tem acesso ao crédito de energia solar, produzido nas fazendas solares e distribuído pela rede elétrica local.

Além disso, com essa alternativa, você não precisa se preocupar com investimentos, obras ou taxas e ainda pode contar com o Clube Órigo, um sistema de pontuação que você indica alguém para aderir ao crédito e pode acumular pontos que ZERAM a sua fatura.

Quer saber mais? Acesse nosso site e peça agora!

Assinando com a Órigo você pode economizar:

10%

de economia mensal com energia limpa e renovável

Economize agora

Assine nossa
newsletter