O que significa sustentabilidade?

O que significa sustentabilidade?

10/04/2020

A busca por práticas sustentáveis tem crescido bastante e o debate em torno desse tema fica cada vez mais popular. Mas muitas vezes o conceito de sustentabilidade é mal interpretado ou utilizado de maneira errada. Você já parou para pensar no que essa palavra realmente significa? 

Para falar de sustentabilidade é necessário entender antes como funciona o sistema de produção atual: é um modelo linear com 5 fases principais (extração, produção, distribuição, consumo e tratamento de lixo). Apesar de ter funcionado até agora, trouxe problemas como o aumento da poluição e de resíduos tóxicos e a exploração excessiva de recursos naturais. Como a extração desses recursos é a base do modelo de cadeia produtiva, seu esgotamento levaria esse sistema à falência e o tornaria insustentável. O que mais chama a atenção de especialistas é que esse cenário não está muito distante da realidade: grandes áreas de florestas são desmatadas a cada minuto, a qualidade do ar piora a cada dia e o desperdício de água aumenta a cada ano.

É por isso que se fala tanto em desenvolvimento sustentável. A primeira vez que esse termo foi usado foi em um livro chamado “Nosso Futuro Comum”, publicado em 1987, que diz que o “desenvolvimento sustentável significa suprir as necessidades do presente sem afetar a habilidade das gerações futuras de suprirem as próprias necessidades”. Desde que essa preocupação começou a ganhar espaço, bastante coisa mudou e hoje contamos com tecnologias que permitem o desenvolvimento mas que visam o uso consciente dos recursos que temos disponíveis. 

A energia solar é um ótimo exemplo disso. Além de ser uma fonte de energia limpa e inesgotável, essa modalidade de geração energética não produz resíduos ou poluição como os combustíveis fósseis nem causa grandes impactos ambientais, como a hidrelétrica ou a eólica.

Mas vale dizer que o conceito de sustentabilidade não significa apenas ser menos danoso ao meio ambiente. Para um produto ser verdadeiramente sustentável, quem o produz deve estar atento aos seguintes aspectos:

  • Ser ecologicamente correto: isso significa adotar um processo produtivo limpo e apropriado, sempre reutilizando e reaproveitando os recurso naturais necessários para produção e oferecendo o máximo possível de recuperação por reciclagem. Além disso, pensar no equilíbrio entre a quantidade de material retirado do meio ambiente e o que será oferecido em troca. 

  • Ser economicamente viável: ou seja, buscar vias para crescer economicamente sem agredir o meio ambiente. Por exemplo, se uma empresa utiliza a reciclagem para promover o desenvolvimento sustentável mas o gasto para reciclar determinado material for maior do que o gasto para extraí-lo, essa opção torna-se inviável economicamente. 

  • Ser socialmente justo: a ética e as condições de trabalho também são fatores fundamentais quando o assunto é sustentabilidade. Um ótimo exemplo disso é a agricultura familiar, que preza por práticas ecologicamente corretas, como o uso reduzido de agrotóxicos e fertilizantes, mas também privilegia e dá oportunidade de crescimento a pequenos agricultores que não tem condições de competir com as grandes empresas do ramo. 

Adotar uma fonte de energia renovável pode ser um ótimo primeiro passo para aqueles que buscam atitudes sustentáveis. A Órigo Energia é uma das empresas brasileiras mais experientes em Energia Solar Fotovoltaica e trabalha tanto com projetos de Telhado Solar como de Fazenda Solar. Nesse modelo, a energia é gerada nas fazendas da Órigo e é enviada para sua casa ou empresa. 

Compartilhe nas redes sociais

Matérias Relacionadas

Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, analisar tráfego e proporcionar uma experiência mais segura para os nossos usuários. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações. Aceitar