Forno elétrico gasta muita energia?

Quem não quer praticidade na cozinha? Para facilitar o preparo das refeições, o uso de equipamentos elétricos se tornou bastante popular. Por conta disso, surge uma dúvida comum: forno elétrico gasta muita energia? Será que vale mesmo a pena ter o eletrodoméstico?

Tire suas principais dúvidas neste conteúdo. Veja também um comparativo entre o forno elétrico e a airfryer e dicas práticas de como economizar energia. Continue a leitura!

Quanto um forno elétrico gasta de energia? 

O consumo de energia de um forno elétrico pode depender de alguns fatores, como potência e modelo. O tempo de uso também é outro ponto que impacta diretamente no consumo.

Porém, de modo geral, fornos elétricos mais comuns consomem cerca de 2.000 a 5.000 watts durante uma hora de operação.

Portanto, se o forno elétrico gasta muita energia ou não está ligado diretamente à frequência de utilização do aparelho, sendo ideal usá-lo de maneira eficiente.

Forno elétrico de embutir gasta muita energia? 

Os fornos elétricos de embutir, por serem integrados à estrutura da cozinha, podem gerar a impressão de que gastam muita energia. No entanto, assim como os modelos convencionais, o consumo vai variar de acordo com o modelo e a eficiência do aparelho. 

É possível encontrar no mercado algumas opções com baixo consumo, variando entre 1.500 e 1.850 watts, além de outros de maior potência.

Optar por modelos mais eficientes e regular o uso pode minimizar o impacto no consumo.

Qual gasta mais energia: forno elétrico ou airfryer? 

Comparado com o consumo de energia da airfryer, o forno elétrico tem um gasto maior, por conta da forma como é utilizado. Geralmente, a airfryer é conhecida pelo preparo rápido de alimentos em porções menores, fazendo com que o eletrodoméstico opere em períodos mais curtos e, claro, demandando menor potência e consumo.

Assim, o forno elétrico gasta mais energia, pois é, na maioria das vezes, utilizado para preparar refeições em porções maiores que demandam maior tempo de preparo.

Outro fator que aumenta o consumo do forno elétrico é que grande parte das receitas recomenda o preaquecimento do eletrodoméstico.

Como economizar energia com o forno elétrico?

Seria quase impossível abrir mão da utilização do forno elétrico, não é? Por isso, para que você possa utilizar o eletrodoméstico sem pesar na conta de luz, aqui vão algumas dicas de economia simples!

Adquira produtos com eficiência energética

Na hora de escolher o forno ideal, procure os que têm a etiqueta de eficiência energética na categoria A — eles consomem menos energia.

Faça um preaquecimento eficiente 

Preaqueça o forno apenas quando necessário e utilize o tempo mínimo recomendado.

Aproveite bem o calor residual

Desligue o forno alguns minutos antes do tempo total de cozimento, aproveitando o calor residual para finalizar o preparo.

Use recipientes adequados

Escolha recipientes adequados para o tamanho do alimento, maximizando a eficiência do forno.

Faça manutenções regulares

Certifique-se de que a vedação da porta está em boas condições para evitar vazamentos de calor.

Descongele previamente os alimentos

Descongele os alimentos antes de levá-los ao forno, assim, você ajuda a reduzir o tempo de cozimento.

Utilize créditos de energia solar

Abasteça sua residência com uma fonte de energia limpa e renovável. Isso é possível por meio do crédito de energia solar da Órigo Energia. E o melhor: você não precisa adquirir painéis solares nem realizar investimos e ainda pode ZERAR a conta de luz com os benefícios do Clube Órigo.

Se interessou? Conheça agora a Órigo Energia e economize!

Assine nossa
newsletter