energia solar quando falta luz

O que acontece com a energia solar quando falta luz?

A energia solar é uma forma limpa e sustentável de gerar eletricidade a partir da luz do sol. A modalidade é a segunda maior fonte energética do Brasil e, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), gerou mais de 1 milhão de empregos desde 2012.

No entanto, uma das dúvidas mais comuns das pessoas que estão considerando essa fonte energética é sobre como funciona a energia solar quando falta luz

A verdade é que existe um sistema de armazenamento por trás dessa energia e é sobre ele que vamos te falar hoje. Vem com a Órigo e confira!

Como funciona o sistema de energia solar? 

Para entender o que acontece e como funciona a energia solar quando falta luz, é fundamental compreender o sistema por trás dela. A energia solar é capturada por painéis fotovoltaicos instalados tanto nos telhados das residências quanto em áreas remotas específicas para isso, conhecidas como fazendas solares.

Esses painéis convertem a luz solar em eletricidade por meio das células fotovoltaicas. A eletricidade gerada é então usada para alimentar casas ou empresas.

O sistema de energia solar geralmente é composto por painéis solares, inversor, baterias (em sistemas híbridos ou off-grid) e uma conexão com a rede elétrica convencional (em sistemas on-grid). O inversor desempenha um papel fundamental, convertendo a corrente contínua gerada pelos painéis em eletricidade alternada utilizável.

O que acontece com o fornecimento de energia solar quando falta luz? 

Quando ocorre uma queda no fornecimento de energia da rede convencional, o sistema fotovoltaico se comporta de diferentes maneiras, dependendo do tipo instalado. Cada um deles possui funções específicas nesse momento, dependendo também dos equipamentos e acessórios instalados no sistema.

Veja os exemplos abaixo para cada situação!

Para quem tem sistema On-Grid 

O sistema de energia solar on-grid é conectado à rede elétrica convencional. Quando falta luz, os inversores do sistema são programados para desligar automaticamente e evitar que a eletricidade seja enviada de volta para a rede (conhecido como “anti-ilhamento”). 

Isso significa que, durante um blecaute, mesmo que haja luz solar disponível, sua casa ficará sem eletricidade. Isso é feito por razões de segurança, para proteger trabalhadores de serviços de manutenção que estão reparando as linhas elétricas. A medida é uma regra da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Para quem tem sistema Off-Grid 

Os sistemas de energia solar off-grid são autônomos e não estão conectados à rede elétrica. Eles dependem de baterias para armazenar a eletricidade gerada durante o dia para o uso durante a noite ou em momentos de falta de luz. Portanto, quando falta energia, os sistemas off-grid ainda fornecem eletricidade, desde que as baterias estejam carregadas. 

No entanto, se elas estiverem descarregadas, você também ficará sem luz. Por isso, o sistema off-grid precisa ser muito bem estruturado para, quando faltar luz, as baterias serem capazes de atender o imóvel.

Para quem tem sistema híbrido 

Os sistemas híbridos combinam elementos dos sistemas on-grid e off-grid. Eles estão conectados à rede elétrica, mas também possuem baterias para armazenar eletricidade. Durante um blecaute, o sistema híbrido pode continuar a fornecer energia a partir das baterias.

Quem usa energia solar fica sem luz? 

O que acontece com a energia solar quando falta luz vai depender do tipo de sistema que você possuir. Para quem possui sistema on-grid, é importante estar ciente de que, durante um blecaute, a energia solar não estará disponível por razões de segurança. No entanto, os sistemas off-grid e híbridos oferecem uma solução para manter as luzes acesas mesmo quando ocorre a falta.

Todavia, a energia solar é uma fonte de eletricidade confiável, sustentável e limpa. Para garantir que você não fique sem energia quando falta luz ou quando é a noite, é essencial escolher o sistema certo com base nas suas necessidades e no acesso à rede elétrica.

Independentemente do tipo de sistema escolhido, esse tipo de energia continua a ser uma solução promissora para um futuro mais sustentável e autossuficiente.

Energia solar no Brasil

Para se ter ideia da dimensão do setor de energia solar no Brasil, aqui vão alguns dados interessantes sobre a modalidade e que foram divulgados pela Absolar:

  • desde 2012, a energia solar evitou a emissão de mais de 42,3 milhões de toneladas de CO₂ na atmosfera;
  • gerou mais de R$ 46,7 bilhões em arrecadação de tributos em um período de 11 anos (2012 a 2023);
  • atualmente são mais de 2.106.439 sistemas solares fotovoltaicos ligados à rede;
  • a média diária de produção de energia solar é de 7,434 MW, o que atende a 9,97% da demanda por eletricidade em todo o país;
  • em 2022, a potência instalada de energia solar cresceu mais de 60% entre janeiro e dezembro;
  • atualmente, o estado de São Paulo possui o primeiro lugar em geração distribuída de energia solar. 

Em 2023, a energia solar fotovoltaica atingiu a marca histórica de 23,9 gigawatts (GW) de potência instalada, ultrapassando a eólica e perdendo apenas para a modalidade de energia hídrica (51,3%) no ranking de fontes de geração de energia elétrica.

Crédito de energia solar: economize na conta de luz!

Você já ouviu falar em crédito de energia solar? Sabia que eles podem ajudar a economizar energia? E melhor: sem precisar gastar com a aquisição de painéis e obras para instalação? Pois é, isso é possível, sim e com a Órigo!

Aqui, você adquire o crédito de energia solar produzido nas fazendas solares e distribuído pela rede local.

Feito para sua casa ou negócio, você tem uma economia mensal e pode contar com o Clube Órigo, um sistema de pontuação em que você indica amigos ou empresas e junta pontos que podem ZERAR a sua fatura!

Quer saber mais? Acesse nosso site, conheça nossos serviços e comece a economizar agora mesmo!

Assine nossa
newsletter