Como funciona a geração de energia eólica no Brasil?

A busca por fontes de energia limpa e sustentável tem ganhado destaque em todo o mundo. A energia eólica no Brasil, por exemplo, tem emergido como uma alternativa promissora, contribuindo para a diversificação da matriz energética e a redução das emissões de gases do efeito estufa. 

Segundo o levantamento de Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), de janeiro a junho de 2023, o setor alcançou 13,44% da matriz elétrica do país, se tornando uma das principais opções utilizadas.

Se você deseja saber mais sobre a produção de energia eólica no Brasil, assim como as suas vantagens, vem com a Órigo e continue a leitura!

O que é energia eólica? 

A energia eólica é uma das fontes de energia limpa e renovável, obtida a partir do vento. Essa tecnologia aproveita os ventos constantes presentes em algumas regiões, capturando-os por meio de turbinas eólicas (também chamadas de aerogeradores) que, uma vez movimentadas, transformam a energia cinética do vento em eletricidade. 

Os aerogeradores são compostos por três pás conectadas a um eixo que gira uma turbina. A turbina, por sua vez, é conectada a um gerador, que realiza a produção elétrica.

Como funciona a energia eólica no Brasil? 

O Brasil possui um grande potencial para a geração de energia eólica devido à extensa linha costeira e aos ventos constantes em diversas áreas. No Brasil, a principal região de geração é no Nordeste, concentrando 85% dos 890 parques eólicos registrados em 12 estados. 

Juntos, eles somam 25,04 gigawatts (GW) de capacidade instalada em operação comercial, beneficiando 108,7 milhões de habitantes.Apesar dos números, segundo a Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica), o país tem potencial de gerar 1.500 GW.

Além da energia eólica produzida em terra firme (onshore), existem 78 projetos de energia eólica no mar (offshore) no Brasil.

Quais as vantagens da energia eólica? 

Entre as razões que justificam a importância da energia eólica no Brasil, podemos citar as vantagens do modelo. Veja!

Renovável e limpa 

O vento é uma fonte inesgotável de energia e sua utilização não emite poluentes ou gases de efeito estufa, tornando-o uma fonte renovável e limpa.

Redução de emissões 

A geração de eletricidade a partir dessa fonte de energia contribui para a redução das emissões de carbono, auxiliando na luta contra as mudanças climáticas.

Independência energética

A diversificação da matriz energética com a energia eólica diminui a dependência de combustíveis fósseis importados.

Criação de empregos

A indústria eólica gera empregos locais, desde a fabricação das turbinas até a instalação e manutenção dos parques.

Qual é mais eficiente: energia solar ou energia eólica? 

A eficiência da energia solar comparada a energia eólica depende de vários fatores, como a localização geográfica, a disponibilidade de recursos naturais e as tecnologias utilizadas. Ambas as fontes têm as suas vantagens e desvantagens. 

Entretanto, a energia solar é mais acessível, sendo a segunda maior fonte da matriz elétrica do país. Além do fato dela estar disponível em locais com alto índice de irradiação solar, enquanto a eólica se destaca em regiões com ventos constantes. 

Ambas são boas para o meio ambiente e são renováveis, mas a diferença está na acessibilidade. Você sabia que é possível ter energia solar em casa por meio do crédito de energia solar? Diferente do método tradicional, em que é preciso investimento na aquisição de equipamentos e obras, essa alternativa permite adquirir uma cota da produção das fazendas solares.

Uma das empresas pioneiras nesse ramo é a Órigo. Disponível para Pessoa Física e Jurídica, o processo é rápido e fácil e você pode economizar até 10% ao mês, além de diversas outras vantagens com o Clube Órigo, um sistema de pontuação em que você indica alguém para aderir ao crédito, e pode trocar os pontos por milhares de produtos e serviços.Ficou interessado? Acesse o site e abasteça a sua residência ou empresa de modo mais sustentável!

Assine nossa
newsletter