Biomassa é energia renovável? Entenda como funciona

Biomassa é energia renovável? Entenda como funciona

18/01/2021

A utilização de fontes renováveis ​​para a geração de energia limpa em indústrias, comércios e residências hoje é uma realidade. As tecnologias existentes permitem a utilização de novos modelos ​​com maior eficiência energética e nas melhores condições possíveis para a população mundial. A biomassa é uma delas. Gerada a partir da queima de matérias orgânicas, a opção tem se tornado mais atraente para quem procura uma maneira de mudar sua forma de consumir energia.

Segundo um relatório da Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), publicado em 2020, a biomassa poderia fornecer 60% da energia renovável global até 2030 e desempenhar um papel imprescindível nas metas de redução de emissões poluentes e de desenvolvimento sustentável,  incentivando a sustentabilidade econômica,  sociopolítica e ambiental. Ainda de acordo com a pesquisa, a alternativa pode ser aplicada em qualquer país, por ser uma fonte confiável, positiva e inesgotável para a humanidade, assim como a solar e eólica. 

Leia também: A história da energia solar no Brasil

O que é biomassa?  

Em termos ecológicos, a biomassa se refere a qualquer tipo de matéria orgânica. Mas o que é usado para produzir essa biomassa? Quando se trata de energia, há uma série de componentes que podem ser utilizados para gerar eletricidade,  por exemplo, resíduos florestais, materiais vegetais como a cana-de-açúcar, utilizada para a produção de álcool, esterco ou o próprio lixo residencial.  

Gerada através da fermentação de matérias orgânicas, o procedimento acontece em fazendas de biogás especializadas, como a da Órigo. Composto principalmente de metano e dióxido de carbono, sua produção consiste na conversão da energia química do gás em energia mecânica por biodigestores anaeróbios - equipamentos onde é feita a otimização do material para gerar a energia. Legal, né?

O processo resulta tanto em biogás para energia elétrica, veicular ou térmica, como em biocombustíveis, que podem ser usados para substituir os combustíveis fósseis em automóveis, incentivando também princípios de uma mobilidade urbana mais sustentável.

Você viu? Por que o Brasil tem um grande potencial para produzir energia limpa?

Então a energia biomassa é renovável?

Sim! A biomassa cultivada por meios sustentáveis ​​é classificada como uma fonte renovável de energia devido a sua produção menos agressiva ao meio ambiente e matéria-prima utilizada. Apesar de  liberar dióxido de carbono (CO2), a quantidade é mínima comparada com os combustíveis fósseis. Além disso, como a biomassa vem de matéria orgânica e viva, sua fonte "cresce naturalmente", absorvendo o CO2 da atmosfera no processo. Por isso, é uma energia abundante e inesgotável!

Por que o uso da energia de biomassa é bom para o meio ambiente?

A biomassa possui um papel importante na revolução e ressignificação do lixo. É uma ação de impacto importante na hierarquia da gestão de resíduos que ajuda, inclusive, a população e indústrias a se aproximarem mais dos princípios da economia circular e consumo consciente. Outra vantagem do biogás é a destinação adequada de resíduos agrícolas, esgoto doméstico, resíduos orgânicos e sólidos urbanos, que, por descarte incorreto ou em aterros sanitários, são extremamente poluentes ao meio ambiente.

Por isso,  é cada vez mais importante analisar como está o cenário de abastecimento de energia e quais impactos isso pode causar na sociedade, buscando uma visão de longo prazo para garantir que fontes renováveis sejam mais conhecidas e aplicadas como uma opção mais sustentável. Bora fazer isso juntos?

Você viu? Benefícios da energia renovável para a humanidade

6 pontos positivos da energia biomassa:

  1. É uma fonte de energia limpa e ilimitada, quase não contamina o meio ambiente e não contribui para a destruição da camada de ozônio;
  2. Ajuda a diminuir o lixo e promove incentivo à reciclagem de outros resíduos industriais;
  3. Ao contrário de outras energias, por exemplo, a solar que só é gerada de dia, a biomassa pode ser produzida a qualquer horário;
  4. Tem custos que são mais baixos do que os custos de energia convencionais;
  5. Reduz a dependência de combustíveis fósseis;
  6. Promove a criação de empregos locais.

Compartilhe nas redes sociais

Matérias Relacionadas

Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, analisar tráfego e proporcionar uma experiência mais segura para os nossos usuários. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações. Aceitar